17.90€ 16.11 
Titulo Tarass Bulba
Autores Nikolai Gogol, Larissa Shotropa (Tradutora), Maria Vassilieva (Tradutora)
Género
Romance
Proposto por
Hugo Xavier
Editor
Hugo xavier
Formato
15,5x23,5 cm
N.º Páginas
260
Data
Março de 2017
ISBN
978-989-8872-10-4
Notas
"Uma grande pequena obra-prima, um «Guerra e paz» com a Ucrânia como pano de fundo. Empolgante e brilhante." Hugh Walpole
A primeira grande obra de Nikolai Gogol foi esta novela que se desenrola numa Ucrânia dividida entre o domínio Russo e Polaco.

Regressados de Kiev, Tarass Bulba e os seus dois filhos, Ostap e Andriy, vêm indignados com o regime de paz podre imposto por um tratado de paz caduco que permite que o católico rei polaco com a ajuda dos mercadores judeus, sujeitem as populações de cristãos ortodoxos ocupadas a uma exploração inenarrável.

Ostap, como o pai, é um cossaco irrascível com apetites bélicos e sede de aventura mas Andriy desenvolveu uma paixão pela cultura e pela educação, para não falar de uma paixão pela jovem filha do governador polaco de Kiev.

Tarass Bulba e Ostap arrastam Andriy e sublevam o acampamento dos soldados cossacos incentivando-os a romper o tratado de paz. Nas várias aventuras que se seguem, o cerco do castelo de Dubno é o momento da verdade para o jovem Andriy quando descobre que a sua amada está no castelo e, como boa parte da população, a morrer de fome e sede.

O que se segue é uma ruptura familiar que espelha a divisão do país e termina num conflito sangrento.

Esta edição integra a primeira versão da obra que foi condenada e censurada pelas entidades estatais russas por ser "demasiado ucraniana" e a versão posterior (e mais alargada) numa edição única a nível europeu.
Nikolai Gogol (1809-1852) é um escritor russo de etnia ucraniana. Considerado um dos mais notáveis mestes da literatura russa, Gogol partiu do naturalismo para, com uma sensibilidade romântica, chegar ao grotesco e ser um percursor do surrealismo na fase mais tardia da sua carreira.
Dramaturgo, romancista e contista, Gogol, como o seu país, é ainda disputado entre russos e ucranianos.

«Tarass Bulba», por exemplo, foi um conto escrito em 1835 que, sujeito à censura teve de ser reescrito pois apresentava demasiados temas e referentes pró-ucranianos e anti-russos. A Versão reescrita, saiu em 1842 e é uma obra mais perfeita mas que perdeu algum cariz político que o seu percursor. A primeira versão da novela, praticamente desconhecida, foi publicada na Ucrânia pela primeira vez em 2005.

Famoso por obras como o romance «Almas mortas» ou os contos «O nariz» e «O capote», gogol foi uma das principais referências para Dostoievski e Anton Tchékhov. Escreveu também ensaios, poesia e artigos diversos.
Sem informação.
Incluí duas reproduções do trajar dos cossacos da zona e época específicas da história.
Venha construir esta editora connosco