23.90€ 21.51 
Titulo Obras Completas - Épica e Cartas - Volume I
Autores Luiz Vaz de Camões, Maria Vitalina Leal de Matos (Introdução, organiza
Género
Obras Completas
Proposto por
Hugo Xavier
Editor
Hugo Xavier e Pedro Bernardo
Formato
15,5x23,5 cm
N.º Páginas
440
Data
Novembro de 2017
ISBN
978-989-8872-09-8
Notas
A primeira edição das obras completas de Camões em mais de 40 anos, preparada pela maior especialista no autor.
Didivida em dois volumes, «Épica & Cartas» e «Lírica & Teatro» (Outubro de 2017), esta é a primeira edição da obra de Camões em várias décadas. pensada como um todo que recolhe todo o corpus de obras do autor. A edição das Obras Completas é apresentada com diversos materiais de apoio: introduções a cada uma das partes/géneros da obra do autor, uma biografia de Camões e uma introdução geral, um conjunto de importantes notas explicativas e de contexto, que formam um guia de leitura da obra.

Maria Vitalina Leal de Matos é a maior especialista na obra de Luiz Vaz de Camões e preparou esta edição utilizando um saber acumulado, resultado de décadas de investigação, que fazem desta edição a definitiva da obra do vulto maior das letras lusas que foi e é Camões.

Esta edição tem o alto patrocínio da Presidência da República Portuguesa.
Luiz Vaz de Camões (c. 1524 - 1679 ou 1580) é o poeta nacional português por excelência e um dos grandes nomes da literatura europeia do Renascimento.
Pouco ou nada se sabe sobre a sua família, infância e juventude. Terá sido educado nas formas de cultura clássicas e também na literatura moderna, o que se depreende da sua posterior produção literária. Soldado, aventureiro, mulherengo apaixonado, Camões esteve em África e no Oriente português. Envolveu-se em polémicas e com mulheres casadas, esteve preso por diversas vezes e produziu uma das mais importantes obras literárias no quadro da literatura europeia da época.

«Os Lusíadas» é uma das obras mais traduzidas da literatura portuguesa e reconhecida como uma das mais poderosas e brilhantes epopeias da literatura do renascimento europeu. A sua lírica e teatro são igualmente notáveis e invulgares, e as cartas um testemunho histórico valiosíssimo.

***

Considerada a mais importante camonista viva, Maria Vitalina Leal de Matos foi professora da Faculdade de Letras de Lisboa, onde leccionou várias cadeiras de Literatura Portuguesa, com que está relacionada a sua produção ensaística. Vive em Lisboa, e durante alguns anos habitou em Paris e em Áquila (Itália). Em 2009, publicou dois livros de poesia, Incandescências e Uma pequena voz (Ed. Colibri), e um guião para um espectáculo, A Paixão segundo Fernando Pessoa (na mesma editora). Estreou-se no romance em 2010, com Camões, Este meu duro génio de vingança (Arcádia, Babel). Em 2013 publicou o livro de prosas poéticas Prosas Desfocadas (4Águas Editora). Continua a escrever ensaio, poesia e romance. O livro Secretário. Memórias, saiu pela BookBuilders, em 2016. Sobre Camões, a sua bibliografia é extensíssima e espalha-se por largas dezenas de artigos, ensaios, volumes colectivos, edições críticas, comentadas, e obras individuais.
 
Sem informação.
Capa dura forrada em Rives Basane Bright White; livro cosido; com fitilho.

Capa de Susana Villar/Paper Talk
Venha construir esta editora connosco