14.90€ 13.41 
Titulo Não Cites Pessoa em Vão - 318 Citações da Prosa de Fernando Pessoa
Autores Fernando Pessoa, Vasco Silva (Organizador)
Género
Colectânea
Proposto por
Vasco Silva
Editor
Hugo Xavier
Formato
13x20 cm
N.º Páginas
224
Data
Outubro/Novembro de 2018
ISBN
978-989-8872-19-7
Notas
Da literatura, da arte, da política, da filosofia, da economia, da história, da nação e da sua administração...
Pessoa sobre tudo e todos na companhia de vários dos seus heterónimos que trilharam os caminhos da prosa..

O livro de citações definitivo da prosa pessoana. Uma colectânea que cobre a obra total de Pessoa. Uma das primeiras colectâneas de citações pessoanas a ter a preocupação de colocar todas as citações famosas de grande génio das letras lusas e mundiais no seu devido contexto para que a citação não seja feita no vazio da ignorância.

Vasco Silva, o maior "publisher" de Fernando Pessoa e profundo conhecedor da obra do escritor que foi vulto maior da modernidade literária, apresenta uma selecção única que revela um Pessoa (e seus heterónimos) em momentos de pura genialidade literária e intelectual que ficarão memopráveis para qualquer leitor.

LER MUITOS LIVROS
A cultura é o efeito da civilização sobre a sensibilidade. É preciso não confundir a cultura com as causa que a produ­zem: ler muitos livros pode levar à cultura, mas ter lido muitos livros não é ser culto, é só ter lido muitos livros. É assim com certos elementos da cultura. Há viajantes que andam milhares de milhas, mas nunca saíram de casa porque nunca saíram de si. Há outros que fizeram só uma viagem aos arredores da vila de onde nunca se afastaram mais, e trazem nas mãos, ao voltar para casa, flores, novidades e duas ou três metafísicas.
 
Prosa de Álvaro de Campos

PROVINCIANISMO
Se fosse preciso usar de uma só palavra para com ela definir o estado presente da mentalidade portuguesa, a palavra seria «provincianismo».
 
Fernando Pessoa
Fama, n.º 1, Novembro 1932


BONDADE
A bondade é a delicadeza das almas grosseiras.
 
Livro do Desassossego por Bernardo Soares, Vol.II.


A NOTA SEXUAL
Todos os indivíduos grosseiros têm necessidade da nota sexual; é ela, até, que os distingue. Não podem contar anedotas fora da sexualidade; não sabem ter espírito fora da sexualidade. Vêem em todos os pares uma razão sexual de serem pares.
Que tem o sistema do Universo com as deficiências sexuais de cada um?
 
Barão de Teive
A Educação do Estóico


ESPECIALISTA
Um especialista é um homem que sabe qualquer coisa de uma coisa e nada de todas as coisas. De uma coisa não se pode saber senão qualquer coisa, porque o conhecimento humano é limitado. E, para perceber qualquer coisa seria preciso perceber todas as coisas, pois uma coisa é parte de todas as coisas. O especialista, pois, é um homem que não sabe nada e vive dessa ciência.
O especialista é útil apenas quando a sua especialidade é tão restrita que não tem importância. Pode haver bons espe­cialistas de pregar pregos; não pode haver bons especialistas de construção de civilizações. Há muito bons cavadores e nenhum bom psiquiatra.
O especialista é um homem que tem a opinião dos outros, embora sobre um só assunto. O especialista é incapaz de iniciativa. Por isso os especialistas são muitos e felizes.
 
Álvaro de Campos
Vida e Obras do Engenheiro



 
Fernando Pessoa (1888-1935) é considerado um dos mais importantes autores da literatura mundial do século XX.
Poeta, ensaísta, editor, contista, Fernando Pessoa, sob o seu nome ou sob o de um dos muitos heterónimos que criou, é a figura maior da literatura portuguesa do século XX. Abordou quase todos os géneros literários e, ao longo de uma vida breve, influenciou de forma inegável a literatura universal.

Como sói acontecer com os génios e apesar da clara influência dentro dos escritores da sua geração e de gerações mais novas, Pessoa só foi reconhecido como figura maior após a sua morte, em 1935. 

***
Vasco Silva (n. 1958) é um dos mais prestigiados editores portugueses. Nome indissociável da edição de Fernando Pessoa e certamente um dos editores nacionais que mais livros do e sobre o autor publicaram em Portugal. É igualmente organizador de várias antologias de Fernando Pessoa e outros autores. Na E-Primatur organizou já « Amar é Pensar - Antologia de Poemas de Amor de Fernando Pessoa» e «Obra Essencial de Mário de Sá-Carneiro - Edição do Centenário» de acordo com o pleno de obra feito por Fernando Pesoa para a edição das obras de Sá-Caneiro.
Sem informação.
Capa dura com fitilho, impresso em papel Snowbright com certificado ambiental.
Venha construir esta editora connosco