14.90€ 13.41 
Titulo Recordações Fantásticas e Três Histórias Singulares
Autores Maurice Sandoz, Salvador Dali (Ilustrador), Manuel Delfim (Tradutor)
Colecção
Livro B
Género
Conto
Proposto por
Hugo Xavier
Editor
Hugo Xavier
Formato
12x21cm
N.º Páginas
204
Data
Março de 2019
ISBN
978-989-8872-21-0
Padrinhos
Notas
«Meu amigo, recebi a sua nova colecção de pesadelos que teve a amabilidade de enviar. Habitualmente não durmo bem, mas agora não durmo porque não quero.» Leonora Carrington
Uma colecção de contos fantásticos com uma leve aura de surreal. A escrita daquele que é considerado o nome maior da literatura fantástica suíça, Maurice Sandoz, navega os territórios sombrios da alma humana, sempre na vertigem entre a demência e a ciência.

A recreação do universo imagético destas histórias fica a cargo de Salvador Dali, que desenhou as ilustrações especificamente para esta obra.

Este é o volume escolhido para iniciar a segunda "encarnação" da Colecção Livro B precisamente para lhe trazer novamente o cunho do surrealismo europeu que a marcou transversalmente.
Maurice Sandoz (1892-1958) foi um químico, compositor, pintor e escritor suíço. É o maior nome da literatura fantástica suíça e participou do movimento surrealista.
Formado como químico na tradição do seu pai, cujo império farmacêutico se espalhara pelo mundo, dedica-se também à música, mas uma doença oftalmológica resultante da investigação química obriga-o a afastar-se de ambas as actividades e a concentrar-se na escrita.

A escrita de Sandoz divide-se, como os seus interesses, entre o científico e o surreal. As suas histórias apresentam “soluções” científicas muitas vezes mais surpreendentes do que as possibilidade fantasiosas e sobrenaturais que vão sendo consideradas ao longo da história.

Sandoz viajava pelo mundo inteiro, correspondendo-se com o meio artístico, coleccionando mecanismos e relógios antigos. A sua residência principal ficava em Roma e foi lá que, em 1958, cometeu suicídio.

***
Salvador Dali (1904-1989) foi um artista plástico e figura cimeira do movimento surrealista. Dali cultivou a sua própria imagem tornando-se o epítome do artista mediático do século xx. Muitas das suas obras encontram-se entre as mais valiosas no mercado da arte moderna. Ilustrou vários livros de Maurice Sandoz.
Sem informação.
Nuno Fonseca
Impresso em papel Palago de 80g

Composto na tipologia Korinna.
Venha construir esta editora connosco