11.00€9.90€
Titulo Três Mulheres Altas
Autores Edward Albee, Marta Mendonça (tradutor)
Colecção
Textos de teatro
Género
Teatro
Proposto por
TNDMII
Editor
José Carlos Alfaro
Formato
13 x 20 cm
N.º Páginas
116
ISBN
978-989-8349-32-3
Três Mulheres Altas foi escrita pouco tempo após a morte da mãe adotiva do dramaturgo norte-americano Edward Albee.
Perversamente engraçada, e dita com uma verdade intransigente, a peça reflete sobre a condição humana a partir do olhar de três mulheres em diferentes fases da vida. As três debruçam-se sobre os caminhos e as contrariedades dessa vida, enquanto elas próprias caminham para a morte. Lida pela crítica como um retrato do complexo relacionamento de Albee com a sua mãe adotiva, Três Mulheres Altas continua a ser uma das peças mais sombriamente divertidas do dramaturgo.
Edward Albee, dramaturgo e encenador norte-americano (n. 1928).
Destacou-se na cena teatral americana no fim dos anos 50 com um conjunto de peças que apresentavam uma reflexão sobre a desilusão dessa década e a entrada nos conturbados anos 60. Foi
unanimemente apontado como o sucessor de Arthur Miller, Tennessee Williams e Eugene O'Neill. As suas peças, de caráter psicológico, analisam e desmascaram as crises da sociedade contemporânea, bem como os dilemas do homem. Estreou-se em 1958 com The Zoo Story, seguindo-se êxitos como Quem Tem Medo de Virginia Woolf? (1961-1962), Equilíbrio Instável (1966), A Cabra, ou quem é
Sílvia?
(2002), entre outros. Três Mulheres Altas foi estreada em 1994 no Vienna's English Theatre e ganhou o Prémio Pulitzer de Teatro nesse mesmo ano.
Sem informação.
Sem informação
Venha construir esta editora connosco