14.90€ 13.41 
Titulo Os Mil e Um Fantasmas
Autores Alexandre Dumas, Paul Lacroix, Paul Bocage
Colecção
Livro B
Género
Conto
Proposto por
Hugo Xavier
Editor
Hugo Xavier
Formato
12x21cm
N.º Páginas
208
Data
Março/Abril de 2019
ISBN
978-989-8872-23-4
Padrinhos
Notas
Um jovem escritor de nome Alexandre Dumas é testemunha, juntamente com outras pessoas, de um crime hediondo. Reunidos posteriormente, cada qual conta a história mais fantástica que viveu ou que ouviu.
Publicado em 1849, Os Mil e Um Fantasmas é um romance em contos e uma das poucas obras de Dumas a versarem o género fantástico. Nele o autor usa o artifício de histórias dentro de histórias dando ao conjunto um cunho de veracidade pela sua presença enquanto narrador e personagem.

À semelhança de As Mil e Uma Noites, naquele tempo então «traduzidas» por Anoine Galland, com enorme êxito em toda a Europa culta, Dumas escreve este romance contando com a parceria de outros dois escritores do seu círculo: Paul Lacroix e Paul Bocage. Cada conto envereda por uma temática ou um tipo de literatura fantástica que se constitui como uma montra do género, de acordo com o que eram os padrões da primeira metade do século XIX.

Para o leitor dos nossos dias estas histórias estão próximas daquilo que hoje consideramos o fantástico ou o horror. Fantasmas, mortos-vivos ou vampiros aparecem e constituem um verdadeiro catálogo do género fantástico da época.
Alexandre Dumas (1802-1870) é o grande autor francês do romance histórico de aventuras. Escritor incansável de mais de 600 obras em todos os géneros e dentro das mais diversas temáticas, foi também um autor de literatura fantástica.
Traduzido em todo o mundo e autor de obras icónicas como Os Três Mosqueteiros, O Homem da Máscara de Ferro, A Túlipa Negra, Vinte Anos Depois, O Colar da Rainha ou O Conde de Monte-Cristo, entre muitas outras, Dumas é também um dos escritores com maior número de obras adoptadas ao cinema, ao teatro e à televisão. No seu tempo, Dumas foi o rei dos escritores populares mas, de entre esses escritores populares, foi o único a ser imortalizado por um público que, ainda hoje, lhe reconhece o talento notável do narrador capaz de agarrar o leitor.

Paul Lacroix (1806-1884) e Paul Bocage (1822-1827) foram escritores menores contemporâneos de Dumas, que colaboraram, como muitos outros, com o Autor ao longo das suas carreiras.
Sem informação.
Nuno Fonseca
Impresso em papel Palago 80g

Composto na tipologia Korinna.

Se gostou deste livro também vai gostar de...

Venha construir esta editora connosco