25.90€ 18.93 
Valor mínimo para apoiar este livro
15
Apoiantes
157
Apoiantes Necessários
Titulo Teatro III - Obras completas, Vol. III
Autores Bernardo Santareno, Ana Paula Medeiros (introd.)
Género
Teatro
Proposto por
Pedro Bernardo
Editor
Suzana Ramos
Formato
15,5x23,5cm
N.º Páginas Estimado
660
Data Estimada
Maio de 2023
Notas
A primeira reunião da obra completa do maior dramaturgo português do século XX e de um dos mais originais escritores da nossa língua.
 
 
 
Esta edição reúne uma obra incontornável da literatura portuguesa. O teatro de Bernardo Santareno tem sido, ao longo dos anos, representado a nível nacional e internacional, além de ser adaptado para o cinema e a televisão. No entanto, e acima de tudo, é uma obra que vale literariamente por si mesma.

Eis o plano de obra:
 
Volume III - Teatro (2023)

O Inferno (1967)
A Traição do Padre Martinho (1969)
Português, Escritor, Quarenta e Cinco Anos de Idade (1974)
Três Quadros de Revista (1974)
Os Marginais e a Revolução - «Restos», «A Confissão», «Monsanto», «Vida em Três Fotografias» (1979) 
O Punho (1987)
Volume I - Teatro (2021)
 
A Promessa (1957)  
O Bailarino (1957)  
A Excomungada (1957)  
O Lugre (1959)  
O Crime de Aldeia Velha (1959)  
António Marinheiro ou o Édipo de Alfama (1960)

Volume II - Teatro

Os Anjos e o Sangue (1961) 
O Duelo (1961) 
O Pecado de João Agonia (1961) e o Apêndice Irmã Natividade
A Anunciação (1962) 
O Judeu (1966)

Volume IV – Poesia, prosa e dispersos (2024)

A Morte na Raiz (1954)
Romances do Mar (1955)
Os Olhos da Víbora (1957)
Nos Mares do Fim do Mundo (1959) 
Dispersos
 
(o plano de obra para o volume IV é ainda passível de alterações)
Bernardo Santareno (1920 - 1980) é considerado o maior dramaturgo português do século XX.
 
Bernardo Santareno, pseudónimo literário de António Martinho do Rosário (Santarém, 19 de Novembro de 1920 – Oeiras, 29 de Agosto de 1980) é considerado o maior dramaturgo português do século xx.

Formado em Medicina Psiquiátrica, Bernardo Santareno rapidamente conciliou a sua profissão de médico com a de escritor. Primeiro poeta, autor de três livros, e, mais tarde, muito influenciado pela experiência como médico da frota bacalhoeira portuguesa na Terra Nova e Gronelândia – que incluiria no seu único livro de narrativas, Nos Mares do Fim do Mundo – dedicou-se sobretudo ao teatro.

Da sua obra dramatúrgica destacam-se A Promessa, O Lugre, O Crime de Aldeia Velha ou O Judeu; a primeira peça foi retirada de cena por pressões da Igreja Católica junto do governo salazarista, mas outras foram igualmente censuradas. Algumas das suas obras foram adaptadas para o cinema e a televisão.
Sem informação.
Impresso em papel Snowbright com certificado ambiental.

Se gostou deste livro também vai gostar de...

Venha construir esta editora connosco