22.00€ 19.80 
Titulo Ficção Completa
Autores Voltaire, João Gaspar Simões (tradução), Alexandre Pinheiro Torres (tradução), José Marinho (tradução), entre outros tradutores
Género
Colectânea
Proposto por
Hugo Xavier
Editor
Hugo Xavier
Formato
15,5x23,5 cm
N.º Páginas
632
Data
Abril de 2019
ISBN
978-989-8872-22-7
Notas
Num só volume, a prosa ficcional de uma das mentes mais brilhantes da humanidade.
Voltaire, figura de proa do Iluminismo francês, foi um dos escritores mais prolixos do seu tempo: para além das mais de 20 000 cartas, é autor de mais de 2000 publicações que vão da história à filosofia, do teatro à poesia, do pensamento político à polémica de qualquer ordem. Mas Voltaire foi igualmente autor de romances curtos, novelas e contos, tendo sido inovador nos vários géneros. Com o célebre Cândido, cria um romance filosófico inspirado pelo terramoto de Lisboa, em 1755. Em Micromégas, mostra-se pioneiro da ficção científica. Em A Princesa da Babilónia ou em Zadig, toma por referência os cenários exóticos que inspiravam os orientalistas seus contemporâneos para criar universos fantásticos nos quais discute filosofia da religião e filosofia política. Neste volume, o que o leitor encontra, porém, é o conto satírico, a fábula moral, o trecho romântico, o romance histórico e muito mais.

As traduções deste volume são de João Gaspar Simões, Alexandre Pinheiro Torres, José Marinho, João Paulo Monteiro, A. Serra Lopes, Fernandes Costa ou Jorge Mota, entre outros.
François-Marie Arouet (1694-1778) ficou conhecido para a posteridade pelo pseudónimo "Voltaire".
Figura notável do Iluminismo francês, Voltaire foi o pensador mais influente do seu tempo. Através da sua correspondência (mais de 20 000 cartas trocadas com grandes vultos da Europa, desde Catarina, a Grande, ao Imperador Frederico, passando por pensadores, cientistas, filósofos, governantes, reformistas religiosos e outros), bem como através das suas obras, que, em geral, eram também respostas a escritos e filosofias de outrem, Voltaire esteve vértice do mundo no seu tempo. O seu pensamento instigou reformas e ditou políticas, inspirou movimentos e posições.

Autor de mais de 2000 publicações, foi ao mesmo tempo um homem do seu tempo e um homem à frente do seu tempo. Polemista notável, demonstrou ser o campeão da causa da separação entre o Estado e a Igreja Católica, da qual foi grande crítico, e um inveterado defensor da liberdade de expressão e do pensamento, da liberdade religiosa e das filosofias políticas renovadoras. Depois de Voltaire, dificilmente alguém voltou a ter uma influência tão abrangente e uma capacidade tão plena de intervir na história da Humanidade usando apenas a palavra.
Sem informação.
Impreso em papel com selo ambiental Snowbright
Venha construir esta editora connosco