15.00€12.00€
Titulo Palmeiras & Presidentes [Pré-venda -20%]
Autores O. Henry, Mário-Henrique Leiria (tradutor)
Colecção
Exclusiva
Género
Romance
Proposto por
Hugo Xavier
Editor
Hugo Xavier
Formato
13x20cm
N.º Páginas
304
Data
Final de Março de 2024
ISBN
978-989-9130-27-2
Notas
Bem-vindo à República das Bananas original: Anchúria.
Primeiro livro daquele que é considerado o melhor contista norte-americano, O. Henry. Este romance, constituído por contos interligados pelo local onde decorre a acção e com personagens que vão aparecendo e desaparecendo ao longo das histórias, foi escrito por O. Henry depois de uma visita às Honduras, descrevendo em pinceladas bem-dispostas um rol de personagens invulgares que povoam a República de Anchúria, a proverbial «República das Bananas», expressão cunhada precisamente neste livro pelo Autor - e não apenas proverbialmente, mas também literalmente: o livro é uma crítica contundente aos países que se deixavam governar pela influência dos interesses económicos (neste caso, as grandes companhias norte-americanas), focando toda a sua economia numa única produção. Palmeiras e Presidentes é o livro de um autor norte-americano que mais adaptações teve na URSS e posteriormente na Rússia.

Esta obra foi traduzida por Mário-Henrique Leiria.


[Em alternativa pode subscrever 4 títulos da colecção de exclusivos com 30% de desconto.]
O. Henry (1862-1910) foi jornalista, escritor e poeta, e um dos autores americanos mais lidos na transição do século XIX para o século XX.
É reconhecido como o contista norte-americano mais importante.

A vida de O. Henry, um dos muitos pseudónimos - e o mais conhecido - usados por William Sydney Porter, ficou marcada por uma acusação de desfalque quando trabalhou durante alguns meses num banco e por uma pena de prisão de 5 anos, da qual cumpriu 3, tendo sido libertado por bom comportamento.

Ao saber das investigações e antes de ter sido acusado, fugiu para as Honduras, de onde voltou quando soube da doença terminal da esposa.

O. Henry foi um dos escritores americanos mais adaptados ao cinema, bem como um dos autores mais traduzidos na URSS e, posteriormente, na Rússia. É difícil encontrar uma antologia dos melhores contos americanos em qualquer língua que não tenha um conto seu.

É um dos escritores preferidos de Barack Obama.

Após a sua morte, foi criado, em 1919, o Prémio PEN/O. Henry, que premeia os melhores contos publicados anualmente nos Estados Unidos e no Canadá.
Sem informação.
Impresso em papel snowbright com certificado ambiental

Se gostou deste livro também vai gostar de...

Venha construir esta editora connosco